quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Os cuidados que toda garota deve ter para ficar bonita e com a saúde sempre em dia

http://4.bp.blogspot.com/_4YkBYakg4H4/SfSNi_2Sy0I/AAAAAAAAA78/I2Xotx6PXQw/s400/Meninas+Malvadas.jpg
Cuidar da saúde é essencial em qualquer fase da vida. Na adolescência, é claro, não poderia ser diferente. Mas muitas meninas não vão ao médico com frequencia e acabam adiando o tratamento de problemas que mais tarde podem se agravar. Portanto, para ficar livre de preocupações, se ligue nos principais cuidados que você deve ter e comece a prestar mais atenção em você desde já.

Bate-papo com o ginecologista
http://apcdec.files.wordpress.com/2009/05/medico.jpg

Um médico ao qual todas as adolescentes devem ir, mas que muitas vezes adiam por medo ou vergonha, é o ginecologista. Muitas acabam marcando a primeira consulta apenas quando planejam iniciar a vida sexual, mas o ideal é que a ida ao médico ocorra logo após a primeira menstruação.

“Por volta dos 12 anos, com o amadurecimento hormonal, é interessante que a menina faça sua primeira consulta para tirar dúvidas sobre as transformações do corpo, sobre menstruação, métodos anticoncepcionais, doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) etc”, destaca a ginecologista e obstetra Denise Coimbra.

Segundo ela, é fundamental se sentir à vontade com o seu médico, para conversar com naturalidade sobre todos os assuntos de seu interesse: “É importante que a pessoa com quem a menina vai tirar dúvidas seja de confiança. Marcar uma consulta é a primeira etapa para que ela possa se informar corretamente e se tratar quando necessário”.

Para as meninas que adiam a primeira consulta o quanto podem, Denise garante que não é preciso ter medo, pois o exame ginecológico não é constrangedor e nem doloroso. Além do mais, é muito importante se consultar antes da primeira relação sexual, pois só assim é possível conhecer as melhores formas de prevenir DSTs e a gravidez indesejada.

“Quando estão iniciando a vida sexual, nem a menina e nem o garoto entendem tudo de sexualidade. Tudo é descoberto pelos dois. No entanto, é o médico que faz a gente entender melhor sobre dor na primeira relação, sangramento etc. É ele que orienta sobre o uso dos métodos anticoncepcionais”, explica a ginecologista.

Pele de pêssego
http://3.bp.blogspot.com/_YoRtzgT9NKA/SR_-8R1QN1I/AAAAAAAAACw/IpmlUijkt48/s400/Cleaning_Skin.jpg

Outro médico importante é o dermatologista, principalmente por causa da acne, um verdadeiro terror para as adolescentes. É difícil a nossa pele resistir intacta às alterações hormonais típicas da puberdade e é aí que as espinhas aparecem.

O dermatologista Jorge Mariz, do Espaço Personal Clinic, no Rio de Janeiro, recomenda procurar um médico assim que começarem a surgir os primeiros cravos: “Este é o momento ideal para procurar tratamento. Na fase inicial, é possível evitar a formação de lesões inflamatórias que costumam deixar cicatrizes”.

E, para as meninas que acham que é preciso abrir mão do chocolate para a pele não estourar, o dermatologista dá uma boa notícia: “Não há comprovação científica que associe qualquer tipo de alimento ao aparecimento ou estímulo da produção de acne, nem mesmo o chocolate”.

O tratamento da pele costuma se basear na limpeza com fórmulas que reduzem a oleosidade, além do uso de medicamentos tópicos que possuem ação antibacteriana. “Existem vários tipos de tratamentos contra acne que serão prescritos pelo dermatologista após o diagnóstico do tipo clínico e da severidade do problema”, explica Jorge.

Como anda a sua visão?

http://oculos.blog.br/wp-content/uploads/2009/08/ban_miopia.jpg
Já na adolescência é muito comum surgirem problemas de visão. Por isso, é importante consultar um oftalmologista desde cedo. “É na adolescência que surge a maioria dos vícios de refração (miopia, astigmatismo e hipermetropia). Por isso, todo adolescente deve ser examinado anualmente por um oftalmologista”, explica Ricardo Neves, oftalmologia do Hospital Universitário Pedro Ernesto, no Rio de Janeiro.

Caso esses problemas não sejam corrigidos o quanto antes, eles podem gerar outros como irritabilidade, sonolência, dor de cabeça e falta de interesse pela leitura, o que acaba afetando até mesmo o rendimento escolar.

Para quem precisa corrigir esses distúrbios, mas tem pavor de usar óculos, as lentes de contato podem ser uma boa alternativa. “As lentes podem ser utilizadas sob orientação médica quanto ao tipo, ao tempo de uso, à limpeza e à esterilização. O que não pode é deixar de corrigir o problema”, alerta o oftalmologis

Sorriso perfeito
http://www.surpresatotal.com.br/images/dentista_hospedagem.jpg
A adolescência também é a época ideal para corrigir os problemas dentários e garantir dentes bonitos e saudáveis na fase adulta. “Na pré-adolescência ou no início da adolescência ocorre uma segunda troca da dentição e, como esses dentes não serão mais substituídos ao longo da vida, é fundamental cuidar da saúde bucal para evitar problemas como cáries, mau posicionamento etc.”, explica o dentista Arthur de Sequeira, da Clínica Martins Odonto, no Rio de Janeiro.

Essa fase é também a melhor época para se usar aparelho. “A movimentação dos dentes se dá de forma mais fácil e rápida em pessoas jovens. Por isso, a correção de problemas ortodônticos deve ser feita desde cedo”, explica Arthur.

E, fala sério, por que ter vergonha? Provavelmente um monte de gente que você conhece usa aparelho. Cuidar da saúde e da aparência não pode e nem deve ser um bicho de sete cabeças, não é verdade?

Nenhum comentário: